Crescimento das vendas de Consórcio marcam 2º semestre de 2016

Em um 2016 marcado por retrações em diversas atividades econômicas, o Sistema de Consórcios fechou o ano em alta. As vendas de consórcio aumentaram 24,5% no segundo semestre em relação ao primeiro, passando de 1,02 milhões para 1,27 milhões de adesões.

Sistema_de_consórcios

Quase todos os segmentos do consórcio registraram aumento no segundo semestre, com exceção de motocicletas. Destaque para o consórcio de serviços, o único a apresentar acrescimento em todos os seus indicadores ao longo 2016, cujas vendas cresceram 58,6% no mesmo período. O consórcio de veículos leves também tiveram uma excelente recuperação, vendendo 55,7% mais cotas no segundo semestre. Em números absolutos, isso significa 238,7 mil cotas a mais. Vale destacar que o consórcio de veículos leves é o que conta com o maior número de consorciados ativos de todo o Sistema.

Vendas_consorcio

Apesar da retração de 5% nas vendas de consórcio de janeiro a dezembro de 2016, em comparação com 2015, os resultados do segundo semestre do ano passado foi 2,4% maior. O mês que registrou o maior número de adesões foi dezembro, com 236,5 mil cotas vendidas. Segundo análise da assessoria econômica da ABAC, esse comportamento costuma repetir-se anualmente, em função do acesso ao décimo terceiro salário, enquanto nos primeiros meses do ano esse volume tende a ser menor devido a gastos extras, como IPVA e compra de material escolar.

vendas_consorcio

O Sistema de Consórcios em 2016 

Refletindo a crise econômica, o consórcio sentiu a retração nos seus indicadores em relação a 2015. O total de participantes ativos caiu de 7,17 para 6,98 milhões. O volume de crédito comercializado, que foi de R$ 2,28 milhões, caiu 6,4%, reflexo da pequena queda nas vendas de consórcio totais nos 12 meses.

As contemplações, que caíram 9,2%, beneficiaram 1,28 milhões de consorciados, para os quais foram disponibilizados R$ 39,42 bilhões, 3,7% a menos que em 2015. Já o tíquete médio apresentou alta, subindo de R$ 39,5 para R$ 41,7 mil.

Em 2016, segundo dados do Banco Central do Brasil, os negócios gerados pelo consórcio ajudaram o país com o pagamento de R$ 1,21 bilhão em tributos e contribuições, 16,3% a mais que no ano anterior. O patrimônio líquido ajustado do Sistema ficou em R$ 8,55 bilhões, 22,4% maior, e os ativos administrados, em R$ 172 bilhões, 6,8% a mais. A ABAC estima que foram mantidos ou gerados mais de 100 mil empregos diretos e indiretos.

Tudo indica que este segmento só tende a crescer neste primeiro semestre do ano, pois o consórcio alia várias vantagens ao preço sem juros. Ficou interessado no assunto? Confira nosso site e confira as vantagens que o consórcio oferece: www.acerteconsorcios.com.br

 

Fonte: ABAC

Tags:Vantagens do consórcio